fbpx
London

Merlin Anuncia Nova Diretoria e a Contratação de Jeremy Sirota como CEO

  • Jeremy Sirota trabalhava no licenciamento de repertório independente para o Facebook
  • A Merlin diversifica seu conselho de diretores, elegendo oito novos nomes vindos da Austrália, Brasil, Nigéria, Holanda, Estados Unidos e Coreia do Sul

A Merlin, maior agência de licenciamento de repertório independente do mundo, anunciou hoje a nomeação de Jeremy Sirota como o novo CEO da organização.

Jeremy Sirota, executivo amplamente respeitado e atuante no setor de música e tecnologia, tem um histórico comprovado em negociar parcerias comerciais complexas e estratégicas e em impulsionar a inovação digital nos negócios de música gravada. Baseado em Nova York e Londres, ele sucede a Charles Caldas, que atuou como CEO da Merlin desde a fundação da agência em 2007.

Sirota vem da equipe de música do Facebook, onde sua atuação foi fundamental para moldar a estratégia de música digital da empresa. Enquanto estava no Facebook, trabalhou para licenciar direitos de música de gravadoras e distribuidores independentes em todo o mundo, implementando recursos inovadores de música no Facebook, Instagram, Oculus e Messenger.

A equipe de gerenciamento sênior de Merlin é composta ainda por Charlie Lexton (CCO) e Helen Alexander (CFO), ambos sediados no Reino Unido, e Jim Mahoney (vice-presidente de operações globais), sediado nos EUA. Além da nomeação de Sirota, Dave Hansen assumirá uma nova função como diretor executivo.

Com a palavra, Jeremy Sirota: “_ Estou honrado por esta oportunidade de liderar a Merlin e servir independentes em todo o mundo. A equipe de executivos e funcionários de Merlin é amplamente respeitada nas comunidades de música e plataformas digitais; espero trabalhar em estreita colaboração com eles para escrever o próximo capítulo. Com o mercado de música digital potencialmente à beira de outra onda de mudança transformadora, é vital que os independentes continuem a ter uma organização que os represente e certifique-se que o valor de seu repertório seja respeitado, acompanhando o ritmo das inovações.”

Martin Mills, do Conselho Diretor da Merlin e fundador do selo Beggars: “_  Estou muito satisfeito por termos encontrado em Jeremy um executivo com profunda experiência no mundo da tecnologia e da música para aproveitar o trabalho excepcional que Charles Caldas vinha realizando. Ele tem todas as credenciais para ajudar a escrever o próximo capítulo de Merlin. Com nosso novo CEO, a equipe executiva certa e um conselho forte e recém eleito, Merlin continuará a prosperar e capacitar os independentes nesta nova década.”

A Merlin também está anunciando o resultado da eleição bienal do conselho, com 8 novos executivos ingressando de  um total de 15 membros.

Os novos membros do conselho eleito são: Alexandria Hock (Better Noise Music), Carlos Mills (Mills Records), Chan Kim (FLUXUS, Inc), Katie Alberts (Reach Records), Marie Clausen (Ninja Tune), Merida Sussex (Stolen Recordings), Michael Ugwu (Freeme Digital) and Pieter van Rijn (FUGA).

Para refletir a perspectiva global da organização, o conselho de Merlin é dividido em três blocos territoriais com igual representação dada à América do Norte, Europa e ROW. Seguindo ordem alfabética a partir do primeiro nome, o quadro Merlin é o seguinte:

América do Norte

  • Alexandria Hock, Better Noise Music (US)
  • Darius Van Arman, Secretly Group (US)
  • Justin West, Secret City Records (Canada)
  • Katie Alberts, Reach Records (US)
  • Marie Clausen, Ninja Tune (US)

Europa

  • Emmanuel De Buretel, Because Group (France)
  • Horst Weidenmueller, !K7 Records (Germany)
  • Martin Mills, Beggars Group (UK)
  • Michel Lambot, PIAS Group (Belgium)
  • Pieter van Rijn, FUGA (Netherlands)

ROW

  • Carlos Mills, Mills Records (Brazil)
  • Chan Kim, FLUXUS (South Korea)
  • Masahiro “Jack” Oishi, Danger Crue (Japan)
  • Merida Sussex, Stolen Recordings (Australia)
  • Michael Ugwu, Freeme Digital (Nigeria)

Conselho Consultivo:

  • Chris Maund (Mushroom Group)
  • Jason Peterson (Cinq Music)
  • Nando Luaces (Altafonte Network)
  • Paul Hitchman (AWAL)

Sobre a Merlin – A Merlin é a maior agência de licenciamento digital musical independente do mundo, com membros de mais de 60 países. A agência oferece para os serviços de música digital e para empresas de tecnologia os meios para licenciar com eficiência a música independente mais relevante e comercialmente mais bem-sucedida do mundo. Isso permite que os detentores de direitos independentes capitalizem as receitas geradas por esses serviços, garantindo também que o seu repertório seja adequadamente valorado.

A Merlin representa dezenas de milhares de gravadoras independentes, distribuidores e empresas de gerenciamento de artistas. Os membros representam mais de 15% do mercado global de música gravada. Desde sua fundação, a Merlin já repassou mais de US $ 2 bilhões a seus membros.

A Merlin tem sede em Londres e escritórios em Nova York e Tóquio.

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Deixe um comentário